A lição da figueira amaldiçoada por Jesus

Para entrar na ciência do Amor, é preciso “estudar” Jesus, sua vida, suas palavras.
O autor das palavras “amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” nos legou ensinamentos sempre passíveis de novos mergulhos e novas percepções.

Bom senso, sem preconceitos, é uma das qualidades que precisamos desenvolver para acolher Sua Doutrina.

Quem já se aprofundou nos estudos sobre Jesus, sabe que cada palavra, cada gesto em sua vida tinha um intuito: nos ensinar a entrar na Vida Eterna.
Esse é um caminho árduo, uma porta estreita e pode ser muito fácil, se não estivermos vigilantes, nos afastarmos desse caminho sagrado.

Na passagem da figueira*, o que Ele quis nos deixou para refletir?
Que sempre devemos dar frutos, não importa a época. Porque depois de temos sido “adubados” por Deus como Ele faz com cada filho que o busca, haverá os tempos de provas, onde devemos manter nossa confiança e continuar dando frutos, senão seremos cortados.
Nesse ponto, podemos fazer uma associação com essa passagem e a segunda morte, descrita no Apocalipse:


*A maldição da figueira é uma passagem que está relatada em Marcos 11:12-14, Marcos 11:20-25 e em Mateus 21:18-22, não aparecendo em Lucas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.