O que sabemos e o que ignoramos?

Conhecer esses limites nos traz serenidade.

Alguns pontos importantes:

1. Percebemos que muitos afirmam coisas baseados em fatos que podem ser vistos de outra forma mais adiante.

Verdades relativas de épocas passíveis de aperfeiçoamento.

E somos prudentes em não acatar tudo que ouvimos, sem conferir, como informações seguras.

2. Nossas experiências vividas com profundidade e seus resultados, alguns devido às nossas ações outros devido à natureza insondável do que desconhecemos, nos coroam com a Sabedoria.

Sabedoria entendida aqui como um conjunto de prudência, de “guardar as coisas em nosso coração”, de coragem de nos posicionar quando necessário e de uma atitude sempre amorosa diante dos mistérios de nossa caminhada evolutiva até nos tornamos o ser crístico que somos em essência.

Quando essa compreensão faz parte de nossa consciência e de nosso coração, entendemos que tudo está perfeito, porque obedece a leis que ainda não temos todo o conhecimento.

Como crianças, aceitamos em paz que não sabemos “ainda”, mas com total confiança no Deus que habita em nós e que nos esclarecerá no tempo certo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.